Contato

Entre em contato conosco!
Tire suas dúvidas ou envie sugestões
Clique aqui!

Notícias / Geral

​SINDIFISCO aprova em assembleia projeto e início da construção da nova sede

Publicado por Pau e Prosa Comunicação em 10/07/2020 às 09:49

​SINDIFISCO aprova em assembleia projeto e início da construção da nova sede

 
Em Assembleia Geral Extraordinária virtual, realizada na tarde da última quarta-feira (8 de julho) pelo SINDIFISCO-MT, os participantes aprovaram o projeto e deliberaram pelo início imediato da construção da nova sede da entidade. Na reunião, que durou cerca de seis horas e foi realizada por meio do Google Meet, com a “presença” de cerca de 50 fiscais, entre ativos e aposentados, foi autorizada ainda a alienação de um terreno do Sindicato para abatimento do valor nas despesas com a obra.
 
O presidente do SINDIFISCO-MT, João José de Barros, explica que antes da aprovação do projeto um longo caminho foi percorrido. Ele foi elaborado em conjunto pela Diretoria e uma Comissão de Obras, com o escopo de reproduzir uma estrutura semelhante à que o Sindicato tem hoje, mas que fosse mais moderna, funcional e pudesse ser ampliada futuramente de acordo com as novas necessidades.
 
O projeto aprovado pela diretoria e pela Comissão de Obras, bem como o memorial descritivo e a planilha quantificando itens e qualidade do que seria empregado para a construção, foi submetido a uma licitação. Segundo o presidente, sete construtoras apresentaram propostas, três delas demonstrando interesse na possibilidade de utilização do terreno que a entidade possui no bairro Santa Marta, na Capital. João José lembra que o local havia sido cogitado para abrigar a nova sede, mas a execução se mostrou inviável financeiramente.
 
A Comissão de Obras encaminhou para a Diretoria duas dessas propostas, em função dos valores menores que apresentaram. “Na semana passada fizemos uma reunião conjunta, está com a participação do Conselho Fiscal, e deliberamos por encaminhar para a assembleia o indicativo por uma delas, em função da estrutura e da proposta de menor valor.
 
Foi autorizada também na AGE uma flexibilização para assinatura do contrato em relação ao edital lançado, desde que aprovado pela Diretoria e após parecer do Conselho Fiscal. Ela se refere a um limite de 10% no caso de um eventual aditivo, se houver alteração do projeto. A decisão foi tomada em vista das sugestões feitas por alguns participantes em relação aos materiais utilizados. “Vamos catalogar os apontamentos, nos reunirmos com a arquiteta e o engenheiro para ver qual seria o impacto dessas alterações no valor”, adianta João José.
 
O próximo passo, salienta o presidente, será produzir uma minuta de contrato, vinculada ao edital lançado, ao projeto aprovado, o memorial descritivo e a planilha. “O projeto inclusive está aprovado na prefeitura e estamos já com o alvará para iniciar a obra. Portanto, aptos a iniciar a construção”, finaliza.


 
















 

Fonte: SINDIFISCO-MT

Receba em seu e-mail todas as informações atualizadas!

 

Contato

Entre em contato conosco!
Tire suas dúvidas ou envie sugestões
Clique aqui!

(65) 3624-2605
Afismat Fenafisco
Sitevip Internet