Contato

Entre em contato conosco!
Tire suas dúvidas ou envie sugestões
Clique aqui!

Notícias / Geral

SINDIFISCO participa de discussões da campanha “Cada um dá o que tem” para a arrecadação de recursos e combate ao coronavírus

Publicado por Pau e Prosa Comunicação em 30/04/2020 às 09:37

SINDIFISCO participa de discussões da campanha “Cada um dá o que tem” para a arrecadação de recursos e combate ao coronavírus
“Cada um dá o que tem” é o nome escolhido por entidades de todo o país ligadas ao Fisco para a campanha de enfrentamento à crise na economia e saúde gerada pelo novo coronavírus (Covid-19). O conjunto de propostas envolve, entre os principais pontos, mudanças na tributação de grandes fortunas como alternativa para arrecadação de até R$ 270 bilhões em recursos, que podem ser utilizados no combate à doença, além da recuperação econômica do país. O SINDIFISCO-MT é uma das entidades envolvidas na campanha que pretendem sensibilizar governos para a adoção destas medidas.

Considerado um dos países com a maior desigualdade de renda do mundo, o Brasil possui cerca de R$ 8 trilhões de grandes fortunas concentradas nas mãos de 1% das famílias. Por esta razão, a injustiça tributária é um dos pontos de maior destaque da campanha lançada pela Fenafisco e demais entidades. De acordo com a Federação, enquanto países como Dinamarca e Estados Unidos, por exemplo, somam mais de 60% na arrecadação total de renda e patrimônio, no Brasil este número é de apenas 23%.

O Diretor para Assuntos Parlamentares do SINDIFISCO-MT e Diretor para Assuntos Parlamentares e Relações Institucionais da Fenafisco, o fiscal de tributos estaduais (FTE) Ricardo Bertolini, explica que as entidades envolvidas na campanha buscam com a apresentação das propostas um melhor caminho para o enfrentamento à crise econômica diante da pandemia. A estimativa de arrecadação de R$ 270 bilhões em recursos passa pela tributação de grandes fortunas, aumento da progressividade da tributação do país, composição do Fundo Nacional de Emergência (FNE) voltado exclusivamente para ações relacionadas ao coronavírus, dentre outras medidas.

“Nossa ideia é apresentar soluções para o problema da falta de recursos apontada por muitos governos ao se tratar do combate à pandemia do coronavírus. São medidas que podem evitar cortes no orçamento, com ajustes importantes na tributação, deixando de afetar a classe média e os mais pobres, que já são os mais prejudicados em um momento como este que estamos passando”, acrescenta Bertolini.

Com o objetivo de dar mais visibilidade às propostas e promover o debate a respeito da tributação no Brasil e a campanha de arrecadação de impostos, a Fenafisco organiza um Webinar (videoconferência) com a presença de governadores, representante de secretarias de Fazenda e da Câmara dos Deputados. O encontro está previsto para a próxima semana e poderá ser acompanhado virtualmente.

Para ler a carta aberta assinada pela Fenafisco e demais entidades e conhecer todas as propostas elencadas pela categoria, clique AQUI.. A campanha “Cada um dá o que tem” conta ainda com uma petição para a criação do FNE. O documento pode ser assinado clicando AQUI.

Fonte: Pau e Prosa Comunicação

Receba em seu e-mail todas as informações atualizadas!

 

Contato

Entre em contato conosco!
Tire suas dúvidas ou envie sugestões
Clique aqui!

(65) 3624-2605
Afismat Fenafisco
Sitevip Internet